segunda-feira, 5 de abril de 2010

Cinco de Novembro ou Bizarre Love Triangle

I see no reason
Why the Gunpowder Treason
Should ever be forgot
Tu sobe e desce cada vez mais rápido nesse homem e ele arranha as tuas costas. É uma cena que eu vejo todos os dias. Tu és uma piada, Isabel. Tu és uma piada e eu te amo tanto que me frustra. Tu te viras e agora o homem está em cima de ti e ele se movimenta com força, dá para ver que gostas pelo jeito que gemes. É vergonhoso, Isabel. Se eu não fosse uma massa de terra dividida em pequenos territórios, descansaria a cabeça numa das mãos. Mas eu sou uma massa de terra dividida em pequenos territórios e tu juraste amar apenas a mim! Não que eu seja ingênua e ache que tu estás amando este homem, embora sem dúvida sinta algum prazer. Ah, Isabel, eu não sei por que mentes para o povo. Eu sou mais velha do que tu e entendo melhor esta terra, até porque eu sou esta terra. Essa gente não se convence fácil assim. Quer tu prometas amor eterno a mim e apenas a mim, quer tu prometas amor aos raios que a partam, eles vão achar tudo muito ruim. Tua mãe morreu por menos que isso, tu sabes. Eu queria que tu me amasses mais. Tu passas tempo demais com esses homens. E com essas mulheres. É duro, tu não imaginas. Tu te sentas no trono com a tua coroa, ela ficava melhor na tua mãe aliás, e juras amor a mim, e fazes o teu trabalho, mas e eu, Isabel? Eu não posso lidar com isso. Tu só me amas aos olhos do público. É difícil. Essa coisa de rainha virgem porque casou com a Inglaterra. O nosso casamento muito me frustra, muito me decepciona. Eu há muito deixei de ter orgulho, Isabel. Eu me humilho na tua frente e eu nunca me humilhei ou subordinei a ninguém antes. Tu não responde aos meus terremotos, à minha frieza, e também não responde aos tempos de Sol, nem às colheitas fartas. Tudo isso sou eu, Isabel. Eu pedindo a tua atenção e tu, nada. Tu mal me olhas. Tu nem deves saber algo de mim. Porra, Isabel. Tu me fazes pensar em ti o dia inteiro, tu me fazes estudar cada movimento, tu me juras amor - e eu acredito! - e finges que vai cumprir as tuas promessas... eu queria ter dois braços e uma cabeça e descansá-la tristemente sobre ambos. Não é isso que tu fazes? Devias pensar na tua mãe. Ela não pode mais fazer isso. Nem eu. Eu até tento te assustar com esse papo de não ter cabeça, de assombração. Tu não me escutas. E queres saber? Eu acho que tu nem acreditas em mim. Às vezes eu bem que queria que tu tivesses um rei e não desses a ele um filho homem. Tu me machucas, Isabel, e eu nem consigo ou posso retribuir como mereces. Que falta me faz um bom machado! Enquanto isso tu te deitas e te levantas e me juras e me mentes e eu sofro calada, Isabel. Até a tua mãe teve mais voz. God save the queen! Mas se eu fosse Deus e não uma pequena ilha com territórios forçosamente anexados Deus te faria em pedaços, sem nem te dar a mística de ser uma rainha sem cabeça.


Every time I see you falling I get down on my knees and pray...

9 comentários:

Polly disse...

Lindo.
Sem mais!

♥♥♥♥

Jey disse...

estava lendo tão concentrada e séria e quando vi aquele "Porra, Isabel." começei a rir e só consegui parar no final.
Porra, Júlia.

Julia disse...

HAHAHAHAHA Adoro as minhas leitoras lindas, cheirosas e queridas que captam a moral da coisa!
(Não tô sendo irônica, MESMO)

:*** ♥♥♥

bruna disse...

É A ANYA DO AMERICAS NEXT TOP MODEL DO CICLO NOVE NA FOTO! tri idiota.
mas é verdade. quase certeza que é a anya. e que é o ciclo nove. que aliás vai dar reprise agora na sony. sou retardada, oi

ehuehuhe gosteiiii :))

Mayra disse...

PORRA, RAINHA! PORRA, JÚLIA!, PORRA, RAINHAS RUIVAS! ♥♥♥

Braz, M disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Braz, M disse...

Esse blog tem uns dos melhores textos que já li em blogs por aí. FODA. Parabéns rougequeen!!

Tangerina disse...

GENTE, O QUE FOI ISSO?

Eu só sei que ri muito no "Porra, Isabel". Mas enfim. Ficou... PORRA, JÚLIA.

Não, sério. Brilhante. Caralho, que coisa mais foda, que coisa mais... argh! Vão ser fodas assim lá longe. D:

Diana disse...

Eu vim até aqui ver, já que estamos falando disso.

...E, sim, sua mãe teve mais voz. Sua mãe tinha um brilho impuro, mas que 500 anos não são capazes de diminuir ou silenciar.

 
template by suckmylolly.com